Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The name is Mia

Desmistificar o sexo, os sex toys e questões como o assedio. Costumo dizer que tenho um sonho......que uma ou um colega chegue ao trabalho toda descabelada e diga: -Opá avariou.se o vibrador! Em vez de dizer, avariou-se a maquina de lavar!

The name is Mia

15
Set21

Arte e Inspiração "A Grande Onda de Kanagawa" de Katsushika Hokusai

Mia

grande onda de kanagawa.jpeg

"A Grande Onda de Kanagawa" de Katsushika Hokusai

Primeiro texto do desafio Arte e Inspiração da Fátima Bento do blog Porque Eu Posso, Fátima já te disse que adoro o nome do teu blog? Porque eu posso, diz tudo!

Os meus textos não vão fugir ao tema do meu blog, sintam-se á vontade para não ler já que pode descambar um bocado. Vou adaptar as palavras e transpor para os sonhos da Maria, a personagem do meu blog de contos eróticos. Estes contos só vão ser publicados aqui,  não poderão ler no outro blog o inconfess@avel.  Espero que se Divirtam tanto como eu me divirto a escreve-los

 

Uma capacidade que desenvolvi em adolescente é a de sonhar acordada, invento situações. quase todas de romance. Logo eu que me meto nesta trapalhada de ser submissa, eu a Maria a sonhadora parva do romance.

Então eu costumava sonhar que conhecia um gato todo super giro, romântico que me levava a passear no seu barco. Um barco á vela, daqueles com cordas em todo o lado e velas de pano brancas e um leme como se vê nos filmes.

Depois de um jantar romântico, onde ele é muito atencioso, inteligente, com boa conversa, começamos nos finalmente, nos amassos. Beijos, beijos molhados, exploração labial com a língua, mordidelas e beijos nas bochechas. 

O vento disse olá, e o meu par, como marinheiro experiente que era, disse que era melhor voltarmos. Equipamento xpto e tal, que não ia içar as velas, que íamos de motor ligado para ser mais seguro. Muito beijo, muito amasso, dedos atrevidos a passear. Estava frio, descemos para nos abrigarmos do frio e chuva, ele disse que não fazia mal.

A oscilação piorou muito, já não conseguia estar de pé, o barco gemia e rangia por todos os lados. Subimos para o convés, o tempo estava alteradissimo. Escuro, carregado de nuvens. O mar estava furioso, ondas sucediam-se, uma maior que a anterior.

Ouvi um estalo maior que os outros, o mastro tombou, fez um rombo num dos lados e a água começou a entrar e a ficar. Olhei para o meu par aterrada.

Lamento Maria disse ele. Só tenho um colete salva vidas, agarra.te ás cordas pode ser que consigas não cair na água. Vi consternada o meu namorada amoroso e atencioso vestir o colete e começar a lançar o sos no rádio.

Vi-a ao longe, grandiosa, plena da sua força. Quando chegou perto de nós elevou o barquinho e quebrou-o ao meio, senti as mãos a resvalar na corda e caí. Senti a força do mar, não conseguia respirar o suficiente,um peso no peito. Fui descendo no frio escuro e estranhamente silencioso. 

Abri os olhos, aquele sonho estava esquisito, afinal tinha o meu gatinho em cima de mim!

 

 

 

Mais sobre mim

Sigam-me

Blog de contos eróticos

Instagram @ashistoriasdamia

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub