Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The name is Mia

Desmistificar o sexo, os sex toys e questões como o assedio. Costumo dizer que tenho um sonho......que uma ou um colega chegue ao trabalho toda descabelada e diga: -Opá avariou.se o vibrador! Em vez de dizer, avariou-se a maquina de lavar!

The name is Mia

27
Abr20

É seguro comprar sex toys durante a pandemia covid-19?

Mia

Coronavirus-Buying-Sex-Toys-Miss-Ruby-Reviews-4.jp

 

A propósito de um mail que recebi de uma leitora, que questiona se será seguro ou não. Na minha opinião é tão seguro como comprar tomates no supermercado. Temos sempre que ter atenção ás regras de segurança.

A Ruby do site Miss Ruby Reviews fez um post sobre isto. Concordo com ela em tudo e principalmente acerca de comprar de preferência online em vez de ir a uma sex shop. Nesta altura em que se fala em abrir as lojas de rua, é provável que as sex shops também abram.

Eu vou dar-vos a minha opinião, não vou frequentar nenhuma loja que não seja supermercado ou farmácia nos próximos meses. Vou comprar tudo o resto sempre que possível online. E vou fazer o mesmo para os sex toys e/ou lubrificante que compre nos próximos meses. 

Já sabem que eu considero os brinquedos sexuais um bem de primeira necessidade e em especial nesta altura em que estamos encafuados em casa. Toda a gente devia de aproveitar, sozinhos ou acompanhados, novos ou velhos. O bem estar a nível sexual deviam de ser um assunto mais tido em conta.

Vou dar sempre prioridade a compras em grande lojas online, onde toda o acto de embalar é mais automatizado, em vez de encomendar á loja mais próxima que até vem entregar a casa. Atenção que esta é a minha decisão pessoal e cada um faz o que bem entende. 

O tratamento da encomenda é igual a todas as encomendas, limpar tudo, descartar as embalagens e por fim limpar os próprios brinquedos e por amor á santíssima lavem as mãos.

22
Abr20

Será ?

Mia

legs inn red intimidade.jpg

 

 Intimidade. É suposto os casais terem intimidade, mas será que têm mesmo? Ou acham que têm?

Por vezes fico surpreendida com a pouca intimidade que descubro em amigos e até na minha própria casa. E depois penso, se na intimidade não pode haver segredos, ou se aqueles pequenos grandes segredinhos íntimos são aceitáveis?

Este tempo extra que ganhei com o isolamento, deu para muitas conversas de travesseiro ou pillow talks como gosto de chamar. Descobri que com o tempo mudamos e nem sempre verbalizamos as coisas. O que era há uns anos, agora sente-se de maneira diferente e com isso perde-se intimidade em coisas que pensávamos que tínhamos.

E mais uma vez escrevo, comunicação é mesmo muito importante.

19
Abr20

E caras, não?

Mia

pernas deles.jpg

 

Aqui por casa, confesso. O consumo de filmes porno aumentou um bocado, temos tido tempo é o que é. Mas anda aqui uma coisa a chatear-me. Porque é que as caras delas aparecem montes de vezes, até demais, e as deles nem por isso. E depois a maioria dos actores porno são feios que dói, não todos claro, mas muitos.

Que chato pá.

As caras delas, ok até percebo, os homens gostam de ver, a boca e tal e as expressões de quem tá a levar a foda da vida, mas eles, raríssimo!

Também sei que para os homens deve de ser muito difícil, concentração máxima para não perderem a tesão e tal, mas podiam fazer umas cenas antes ou depois. 

Oh senhores produtores pensem lá um bocadinho que as mulheres gostam de ver coisas giras e não apenas erectas!

Tou a armada em picuinhas? temos pena.

15
Fev20

Sex Toys para tudo e mais alguma coisa

Mia

as-is-archer-flip-reflect-photo.jpg

 

Descobri mais uma toy store fora do comum. A New York Toy Collective. São toys imprimidos a silicone, e cada um sai diferente do outro, com imperfeições e tudo, mas o que captou a minha atenção foram os pequeninos a imitar o dito murcho. 

Mas porque é que se vai comprar um toy em formato murcho? Pois eu também fiquei sem entender muito bem e na conta do instagram é que se percebe bem para que é que serve. Os transexuais usam para se aproximarem mais do género que são e não do que aparentam fisicamente. Um homem, mas que é mulher fisicamente, pode então comprar estes pénis, e usa-los com um arnês, para se sentir mais como os homens. Pelo que li, é uma sensação boa ter ali aquele pequeno chumaço e que até pode levar um upgrade.

STP-INSERT-300x375.jpg

 

stp-strap-profile-300x224.jpg

 

Ou seja na brincadeira com a namorada pode introduzir lá dentro um vibrador que faz o murcho ficar erecto. E pimba. Dizem elas que assim nem têm que perder tempo a ir buscar um toy.

Archer54.jpg

Pierre46.jpg

 

Tem ainda a particularidade de podermos comprar circunsisado ou não. 

A sexualidade é um mundo.

10
Fev20

O amor é...

Mia

Untitled.jpg

 

O amor é como uma caixa de chocolates, nunca se sabe o que vamos saborear. 

é mesmo bom que seja assim, porque se a rotina e frases feitas já se instalaram....é mau.

Há um ano escrevi sobre a prenda de S.Valentim. Acerca de atenção e afecto e de como é importante nas nossas vidas.

Este ano vou escrever sobre a cumplicidade, intimidade. Ter um segredo só dos dois faz maravilhas pela nossa disposição, sabiam?

O que é que vai acontecer no dia 14 e dia 15 deste mês? Só fotos lamechas a dizer ...não sei quantos anos contigo...ou...és o meu amor...ou...para a mulher que mais amo... enfim, teatro.

Este ano façam algo tão intimo, tão constrangedor e tão vosso, que não pode de maneira nenhuma ir parar ás redes sociais.

Atrevem-se?

 

26
Ago19

Traição ou tentação

Mia

traiçao.jpg

 

Se encontrassem na cama o vosso par com alguém do mesmo género? A reacção seria a mesma, tinham mais ou menos ciumes?

Aquele murro no estômago que nos atinge quando temos ciumes, sabem? será que era o mesmo?

Entendiam como traição ou como era do mesmo género já não conta?

Tenho ouvido histórias de homens que encontram a mulher na cama com outra e ficam profundamente ofendidos, e por outro lado mulheres que foram "trocadas" por um outro homem e sentem-se diminuídas, menos mulheres.

Para mim, uma traição, é uma traição, seja com que género for. Mais do que o físico, porque o desejo físico não é amor. é o intelecto. Se afinal o nosso par gosta de outro género, é quase uma situação sem volta a dar.

Conheço dois casos. E não foram bonitos de ver. Para além da infidelidade, ainda por cima uma escapadinha gay, parece que eleva as coisas a outro nível.

Eu não penso bem assim, provavelmente se o meu mais que tudo me lançasse a bomba de que era gay, eu iria ficar feliz por ele, porque se tinha encontrado. As relações são tão centradas no eu, quando deviam de focar-se um bocado mais no outro.

 

21
Ago19

Atreves-te?

Mia

colar1.jpg

 

Chama-se Vesper Vibrator Neclace, e sim é para usar como um fio, só que desenrosca-se e funciona como um vibrador. Uma boa ideia para levar uma vibraçãozinha para as férias ou para apimentar uma saída a dois.

Estes objectos são geniais e podem proporcionar muito bons momentos. Um vibrador não serve só para o estimulo do clitóris, serve para tudo.

Nos mamilos, pescoço, costas ou nuca. Por detrás dos joelhos, nas coxas, na garganta quando estamos a mete-lo na boca ou ainda naquela zona ente os tintins e o ânus. Tantos sítios, no restaurante, num bar, no carro, na cozinha....acabei de ter uma ideia , ...vou ali dedicar-me um bocado a Maria, até já.

colar2.jpg

colar3.jpg

#sexosemculpa

 

 

20
Ago19

Não há mulheres "faceis"

Mia

semculpa.jpg

 

Não há mulheres fáceis, o que existe é mulheres bem resolvidas sexualmente por um lado e por outro mulheres demasiado carentes. Acabam por levar os dois tipos por tabela. Ser considerada fácil, significa que pode ser engatada facilmente. Em relação ás mulheres meus amigos, não se enganem, nada é fácil.

Tenho lido por ai a palavra puta, é fácil ser puta? Tenho a certeza que não. É das profissões mais difíceis. Portanto, vamos deixar as profissionais do sexo sossegadas.

A questão do dia é: Pode uma mulher falar abertamente sobre sexo na internet? Eu acho que sim. Sem que isso atraia uma data de rebarbados nas mensagens e no mail? Isto é que eu já não tenho assim tanta certeza.

A desarrumada andava aí passada dos carretos, porque está fartinha das mensagens e mails de gaijos, com intenções de molharem o bico. Fartou-se e pôs a boca no trombone nos stories do insta, a tótó por sua vez, resolveu falar sobre o assunto porque quer, porque tem dúvidas, porque acha que deve, porque quer ler sobre outras experiências. E começa assim o movimento #sexosemculpa. A Blá blá blá respondeu ao apelo e já fez um post sobre o assunto, passem também por lá

O meu blog é mesmo só sobre sexo, decidi há cerca de dois anos que devia de tentar desmistificar a coisa. Acredito com todas as minhas forças que o orgasmos é essencial para uma vida plena. Acredito que a questão do assédio deve de ser falada e não escondida. Acho que as bolas de kegel devia de ser vendidas nas farmácias e que a compra de um vibrador deve ser banalizada. Esconder e insistir que a questão sexual não deve de ser falada, nos dias de hoje já não faz sentido. 

Se eu recebo mensagens menos boas? claro que sim, mas já as esperava e o delete é o meu botão amigo, curiosamente não recebo comentários negativos, é sempre por mail. Não me incomodam e concentro-me no feedback positivo que tenho tido.

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

Sigam-me

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.