Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The name is Mia

Desmistificar o sexo, os sex toys e questões como o assedio. Costumo dizer que tenho um sonho......que uma ou um colega chegue ao trabalho toda descabelada e diga: -Opá avariou.se o vibrador! Em vez de dizer, avariou-se a maquina de lavar!

The name is Mia

29
Ago21

Ser feliz é Raro

Mia

ser feliz raro.jpg

 

Muitas vezes sinto que ando metido num rodopio de coisas, coisas a fazer, a dizer, a resolver. Como é que se consegue viver e ser feliz nesta embrulhada que é a vida? 

Aquela sensação das férias grandes de quando éramos crianças. Parece que estou sempre na eterna busca por aqueles momentos únicos, sem preocupações, com um mar de dias para descansar e brincar.

É que até o sexo se tornou complicado, não concordam? Posições, brinquedos, óleos, velas. e então a vulgar posição missionário anda onde? E aquela máxima com que nos bombardeiam todos os dias, se fizeres isto ou tiveres aquilo és mais feliz e realizado. 

Opá posso muito bem não ter tido um orgasmo, e ter sido bom na mesma, certo? 

 

 

17
Mai21

As marcas do fist

Mia

tatuagem.jpeg

Estava a ler um post no insta da loja Sex Shop Cupido sobre o fisting, explicava o que é e a forma mais segura de o fazer. Até aí tudo bem, o post perguntava o que é Fisting e claro não tem muitos comentários, mas um diz que quem pratica tem uma tatuagem a marcar até onde conseguiu. Ou seja segundo aquele senhor que comentou é comum entre os homosexuais tatuar uma marca entre o pulso e o cotovelo(!) a marcar até onde enfiou a mão, o braço e quiçá o cotovelo dentro de um dos orificios do parceiro/a.

E agora?

Como é que eu vou conseguir não olhar para os braços das pessoas? 

03
Fev21

eu penso logo fodo

Mia

5.jpg

 

É com muita pena que vejo dia após dias este post como um dos mais pesquisados aqui no blog. Oh senhores e senhoras larguem lá as festas por agora.  O post é de mil nove e troca o passo, enfim.

Já andamos todos a arrancar os cabelos, não é? Pois, paciência.

Toda a gente tem segredos, e os mais cabeludos são aqueles tão secretos, tão secretos que nem os contamos a nós próprios. Uma fantasia aqui outra ali, mas nunca chegamos realmente a verbalizar a coisa.

Eu e o meu mais que tudo andamos num jogo. Que fantasia tens?

Andamos numa de explorar coisas diferentes. Se é bom? Ás vezes é, outras nem por isso. Por essa razão é que se chama fantasia e não realisia. Vistas bem as coisas, acabo por sentir a maior realização nas acções mais banais da nossa relação sexual. O que me leva a pensar: Será que é do banal que eu gosto, se sim porque é que continua a desejar outras coisas? Se não, porque é que tenho amiúde a sensação i'm home com a banalidade?

Por outro lado se as fantasias se tornassem em coisas normais aqui em casa, passaria o banal a ser a fantasia?

E se não inventar com o sexo e andarmos sempre na mesma, conseguiria sentir a realização do banal, como sinto agora?

Eu sei, eu sei.....se fosse possível gravar os meus pensamentos...

 

 

 

23
Dez20

Bom dia, Boa tarde, Boa noite

e uma caixa de 50 mascaras para a mesa do canto

Mia

boas festas da mia.jpg

Olá pessoal.

Pois é, está a acabar o ano, desejo a todos o melhor 2021 possível, com saúde e dramas nos mínimos. 

Que a vossa vida amorosa tenha altos, tão altos que chorem depois do orgasmo. Que encontrem o vosso equilíbrio em casas superlotadas de cães, gatos, filhos, trabalho.

( A ideia de um bunker está cada vez mais apetitosa)

Espero que em 2021 já possamos ir passear sem aquela sensação de que estamos a cometer um crime qualquer.

Também espero poder dar umas quecas valentes com direito a barulho á vontade. Sozinhos em casa! ...suspiro

Seria de esperar que com o pessoal em casa, resultaria em mais publicações...pois....não foi. Se as pessoas não vivem, também não têm muito que falar, eu ando para aqui a nadar num lago de nada. Tantos pensamentos, mas todos tão vazios que não vale a pena partilhar.

Onde ainda me divertia era no instagram, mas o meu amigo insta achou que a minha conta com meia duzia de gatos pingados e fotos sugestivas ia contra as normas e pimba, toma lá e vai buscar. 

Ai minha gente, que mundo tão estranho este

Beijocas

 

08
Out20

nada...

Mia

nada.jpg

 

Tenho tanto para escrever, eu a maria opina, tantas coisas para dizer. São tantas que se resumem a ...nada.

Estou cheia de nada...sou apenas mais uma, mais uma opinião, não vale de nada. Vou fazer com que mais uma mulher se masturbe? com que mais uma compre finalmente um vibrador? e isso vale de alguma coisa? 

09
Ago20

As mamas desaparecidas em combate

Mia

mamas blog.jpg

 

Quando é que nos tornámos tão pudicos? Já repararam que cada vez se vê menos nudez na tv ou em filmes?

Se formos ver um filme de 19 e troca o passo, há cenas na cama a ver-se bem mais do que maminhas, cenas mesmo explicitas. Agora qualquer coisinha é demais, qualquer piada ofende um grupo qualquer, a mulher está mais resguardada que um cofre.

A propósito de ter ido a praia na semana passada. Estava lá uma senhora dos seus 60 e tal, não devia de ter menos do que isso. Estava a fazer topless. Era a perfeita definição da frase "mamas até ao joelho", mas ela não queria saber, andava na boa. 

Era a única.

Tudo a olhar e comentar claro.

Lembrei-me que há uns anos toda a gente fazia topless na praia, no Algarve então, era corriqueiro e já não suscitava qualquer atenção especial. Agora, nestes tempos tão evoluídos, nem pensar!

Regredimos muito.

É claro que não quero cultivar a imagem do corpo como objecto, o que eu tinha esperança era que se tornasse banal. Andamos ao contrário. O circulo dos pudicos (mas que são tarados por trás) é imenso. As redes sociais não banalizaram nada, pelo contrário. O exemplo maior deles todos, o caso dos mamilos femininos no instagram.

É que irrita.

 

25
Jul20

O que sentes durante a masturbação?

Mia

sozinha ou acompanhada.jpg

 

Calhou em conversa com uma amiga, a revelação por parte dela que não se masturbava. E que estava a precisar de libertar tensão, porque o marido não estava cá, bla bla pardais ao ninho.

Ora eu sei que ela até tem brinquedos, o que eu não sabia é que não os utilizava sozinha! Apenas quando estava com o marido. Obviamente que perguntei porquê?!!!

A resposta:

Porque sentia vergonha. 

Vocês também se sentem assim? há por aí alguém que não está a vontade para utilizar sex toys alone? 

Se sim, o que é que vos impede? têm aquela sensação de vergonha alheia? vergonha? ou acham que estão a trair os respectivos?

Se for esta ultima até faz um bocado de sentido porque sei que há pessoas que sentem ciumes dos toys dos companheiros. Mas dai a nunca o fazer sozinhas...

08
Jul20

Amarrados

Mia

rope.jpg

 

Amarrados, sim é como estamos, amarrados e não no bom sentido.

Por mais que a vontade de sair seja muita, a realidade é fria.

Férias?

Onde? a menos que tenhamos uma casa para isso mesmo.

Preciso?

Sim, eu e as paredes da minha casa já não nos podemos ver. Mas os benefícios superam os riscos? Nope.

Enquanto eu ver á minha volta a falta de consciência relativamente ao que são as medidas de prevenção vou partir do principio que, se é assim aqui, será também nos outros sítios.

E como é que anda  a vidinha dentro dos lençóis? Desinspirada. 

 

 

Mais sobre mim

Sigam-me

Blog de contos eróticos

Instagram @ashistoriasdamia

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub